Escola de Judo Ana Hormigo

Bem-vindos ao Blogue da Escola de Judo Ana Hormigo. Este projeto teve início a 22 de Novembro de 2007 e atualmente conta com diversos núcleos nos concelhos de Castelo Branco (freguesias de Castelo Branco, Alcains e São Vicente da Beira) . Conheça aqui todas as nossas atividades e venha praticar Judo connosco.

Visite-nos em: www.escoladejudoanahormigo.pt





domingo, 12 de junho de 2016

Francisca e Maria Inês, 2 Campeãs Nacionais na Escola de Judo Ana Hormigo



 
No passado dia 11 de Junho, Francisca Jorge e Maria Inês Rosário sagraram-se Campeãs Nacionais de Juvenis no Pavilhão Multiusos de Odivelas.

A prova rainha do Judo Juvenil contou com a presença de 312 atletas com idades entre 12 e 14 anos de idade de 103 clubes participantes.

Francisca Jorge apresentou-se como uma forte candidata a conquistar o título nacional, dado que durante a época 2015/16 já tinha vencido todos os Opens Nacionais em que participara, subindo 4 vezes ao lugar mais alto do pódio (Vila Nova de Poiares, Castelo Branco, Palmela e Barreiro) e conquistou ainda a medalha de bronze numa Super Copa em Espanha.

Francisca começou por vencer na fase de grupos as atletas da Associação Académica de Coimbra e do Judo Clube de Portimão pelas pontuações máximas (ippon). Após vencer o grupo D da sua categoria, venceu na meia-final a adversária do Judo Clube de Lisboa também por ippon, passando à final para defrontar a atleta espanhola que representa o Unbreakable Force - Judo Alvor. No derradeiro combate, Francisca ainda esteve a perder pela pontuação mínima (yuko) até ao último segundo, onde incrivelmente igualou por yuko antes de soar o gongo. No prolongamento não deu hipótese à adversária com um forte contra-ataque, sagrando-se assim Campeã Nacional da sua categoria.

Mais atribulada foi a competição de Maria Inês Rosário a competir na categoria -40 kg.  A albicastrense, também ela vencedora dos Opens Nacionais de Castelo Branco, Poiares e Palmela,  começou bem ao vencer pela pontuação máxima a atleta de Braga. No 2º combate frente à atleta de Barcelos, apesar de Inês ter estado sempre superior, acabou por ser imobilizada no solo e perder a luta. No último combate, Inês não conseguiu superar a espanhola também a representar o Unbreakable Force - Judo Alvor. A contabilização dos pontos na pool mantinha 3 das 4 atletas da categoria com o mesmo número de vitórias e pontos para a atribuição da medalha de prata, tendo de  se recorrer ao sistema  de desempate pelo critério do peso corporal da pesagem oficial. Aí vence o atleta mais leve que neste caso favoreceu a judoca albicastrense.

Dado que é autorizada a participação de cidadãos nacionais e cidadãos comunitários ou cidadãos de países com os quais o Estado Português ou a União Europeia tenham acordos de reciprocidade, o título de campeão nacional não pode ser atribuído a um cidadão estrangeiro, mas sim ao atleta nacional melhor classificado. Apesar da medalha de prata, Maria Inês Rosário sagrou-se Campeã Nacional da categoria -40 kg.

Alcançaram um meritoso 9º lugar Bruno Gonçalves com 2 vitórias e 2 derrotas  na categoria – 38 kg entre 24 participantes, Afonso Folgado com 2 vitórias e 2 derrotas  na categoria – 42 kg entre 30 participantes, João Dias com 1 vitória e 2 derrotas na categoria -60 kg entre 30 participantes e Manuel Salvado com 1 vitória e 2 derrotas na categoria -66 kg entre 19 participantes.

Completaram a equipa Beatriz Riscado na categoria -57kg com 2 derrotas, Leandro Serra na categoria -38kg com 1 derrota, Alberto Gomes na categoria -55 kg com 2 derrotas, João Gregório na categoria -60 kg com 1 derrota, Diogo Côrte na categoria -66 kg com 1 derrota e Rodrigo Baltazar na categoria +81 kg não teve qualquer adversário.

Ana Hormigo, Abel Louro  e Mariana Milheiro foram os treinadores que acompanharam a equipa que no Quadro Geral conquistou a 7º posição entre 103 clubes.

      Os técnicos mostraram-se bastante satisfeitos com o resultado global dos seus pupilos que, à exceção de Francisca Jorge, fizeram a sua estreia em campeonatos nacionais. Esta foi a maior comitiva de sempre da Escola de Judo Ana Hormigo que conseguiu a qualificação de 12 juvenis para Campeonatos Nacionais de Judo. De sublinhar ainda a participação do albicastrense Diogo Côrte, único atleta com Síndrome de Down a garantir presença neste evento.
 

 
 
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário